Índice de Notícias

Cães
Gatos
Todos
Translate
Traducir
Temas Pet
Boletim Eletrônico - N° 1663 - #3
-
Animal Manager, essencial para os negócio.
Estudo com cães de rua revela que eles nascem prontos para entender o homem

O estudo foi feito nas ruas da Índia mostra que cachorros compreendem gestos humanos mesmo sem treinamento

A relação entre cães e humanos já foi objeto de muitos estudos científicos. Como muitos destes estudos envolveram animais domesticados, criados em casa e minimamente adestrados, ficou a dúvida se os cães de rua reagem da mesma maneira.

A bióloga Anindita Bhadra, do Instituto de Educação e Pesquisa Científica de Calcutá, na Índia, pesquisa há anos especificamente populações de cães vivendo ao relento.

Segundo a autora, os cães de rua são o maior grupo de cachorros no mundo e seu vínculo com os humanos é marcado por vários fatores, inclusive sociais e econômicos.

O último trabalho de Bhadra e seus colaboradores foi publicado no periódico Frontiers in Psychology e testou a reação dos animais de rua a comandos de humanos desconhecidos. Ao se depararem com dois recipientes de comida, os cães de rua escolheram na maioria dos casos aquele para o qual o humano apontava.

A equipe também produziu relatórios e filmagens dos experimentos. Foram testados 120 animais. Destes, praticamente metade (59) se aproximou de algum dos potes — os outros ficaram parados ou saíram em outra direção, o que os cientistas associam com um estado de ansiedade e possivelmente resultado de experiências negativas anteriores.

Dos que se aproximaram, cerca de 80% (47 cães) foram na direção apontada pelo instrutor, independentemente do que havia lá. Houve ainda testes com um grupo controle de 40 animais, para verificar se outras variáveis podem ter influência na escolha dos potes, o que não foi confirmado — a influência humana foi evidente. Por isso, a equipe de Bhadra diz que cachorros já nascem capazes de entender certas ações humanas, mesmo sem treinamento.

'Achamos bastante animador que os cães conseguissem seguir um gesto tão abstrato como apontar com a mão', disse Bhadra em um comunicado à imprensa. 'Isso significa que eles observam os humanos com atenção, inclusive aqueles que veem pela primeira vez, e usam esta compreensão sobre os humanos para tomar uma decisão. Isto mostra a inteligência e a adaptabilidade destes animais'.

'Empatia'

'Cães de rua são encontrados na maior parte dos países em desenvolvimento e vivem sem supervisão humana direta. Eles interagem com humanos regularmente e recebem estímulos positivos, como comida e carinho; e negativos, como agressões (...)', diz o artigo no Frontiers in Psychology.

Bhadra diz que os resultados da pesquisa, por ampliarem a compreensão sobre a nossa relação com os animais, podem melhorá-la.

'Precisamos entender que cachorros são animais inteligentes que podem coexistir conosco', diz. 'Eles são muito capazes de entender nossa linguagem corporal, e precisamos lhes dar espaço. Um pouco de empatia e respeito por outras espécies pode reduzir muito do conflito.'

*Com informações BBC Brasil 

Fonte: JM Online - Publicado neste site em 17/02/2020


- Temas Pet é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebê-lo, ou considere que foi cadastrado indevidamente descadastre-se aqui