Índice de Notícias

Cães
Gatos
Todos
Translate
Traducir
Temas Pet
Boletim Eletrônico - N° 173 - #3
-
Animal Manager, essencial para os negócio.
Prefeitura de Florianópolis desrespeita lei e apoia uso de animais em espetáculos

Após intensa pressão de ONGs e ativistas de Florianópolis, no dia 02 de setembro de 2005 entrou em vigor a  Lei do Circo que proíbe a expedição de licenças e/ou alvarás para espetáculos que utilizem animais selvagens, domésticos, nativos ou exóticos, sob qualquer forma. A lei foi assinada pelo então prefeito Dário Berger.

Flyer de divulgação da turnê de mágica

Apesar da proibição, em maio de 2011, a prefeitura de Florianópolis autorizou a instalação da  turnê Le Magic International Festival, que faz uso de animais em seus “espetáculos” de mágica. Um detalhe importante é que o prefeito atual da cidade é o próprio Dário Berger.

A prefeitura não só autorizou como está apoiando o evento, contribuindo na logística e elimando taxas, revela Augusto Stevanovich, organizador da turnê, em entrevista à Record News.

Desde o dia 06/05 ocorrem shows utilizando pombos e gansos em números de mágica. Um picadeiro foi montando no estacionamento do Centro Integrado de Cultura (CIC).



Fotos: reprodução da reportagem Record News

Na última quinta (19/05), ativistas independentes de Florianópolis entraram com uma representação no Ministério Público de SC, na 28ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital que atua na Defesa do Meio Ambiente. A promotoria acionou a Polícia Ambiental, como órgão competente para intervir nesse caso. Até o momento da publicação dessa matéria a Polícia Ambiental de Florianópolis não havia comparecido ao local das apresentações para averiguar a denúncia.

A Lei do Circo é clara e objetiva, porém as autoridades competentes de Florianópolis não estão agindo de forma efetiva para interromper a utilização de animais em espetáculos na cidade.

Le Cirque insiste em usar animais

A turnê Le Magic International Festival é organizada por Augusto Stevanovich – um dos donos do Le Cirque. A história do Le Cirque está marcada por maus tratos e exploração de animais em nome da “arte” circense. Ativistas e, inclusive, clientes já foram agredidos por funcionários do circo. Um dos casos de agressão foi em 2006, na cidade de São José, município vizinho a Florianópolis, onde o Le Cirque estava instalado. Dois ativistas foram agredidos numa manifestação pacífica. Na época já estava proibido o uso de animais em espetáculos em Florianópolis, impossibilitando a instalação do circo nesse município.

Recentemente, em decisão histórica, a Justiça de São Paulo proibiu o Le Cirque de usar animais em todo o estado de SP, sob pena de multa diária de R$ 30.000,00 em caso de descumprimento.

Fonte: VegTemas - Publicado neste site em 26/05/2011

- Temas Pet é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebê-lo, ou considere que foi cadastrado indevidamente descadastre-se aqui