Índice de Notícias

Cães
Gatos
Todos
Translate
Traducir
Temas Pet
Boletim Eletrônico - N° 257 - #3
-
Animal Manager, essencial para os negócio.
Cientistas coreanos modificam cachorro para que ele brilhe no escuro

Existem cerca de 270 doenças em comum entre os humanos e os cães

cao brilha 700x525

Cientistas sul-coreanos confirmaram nesta quarta-feira (27) a criação um cachorro que brilha no escuro, usando uma técnica de clonagem que poderia ajudar a encontrar curas para doenças humanas, tais como Alzheimer e Parkinson.

A equipe de pesquisadores da Universidade Nacional de Seul disse que o cão da raça beagle, geneticamente modificado e chamado Tegon, nasceu em 2009 e tem um brilho verde fluorescente em uma das patas - que fica visível sob luz ultravioleta, caso seja aplicado um antibiótico.

Os pesquisadores, que completam dois anos de testes, disseram que a capacidade de brilho pode ser “ligada ou desligada” pela adição de uma droga para alimentar o cão.

O pesquisador Lee Byeong-Chun disse que o animal foi criado usando a célula somática de transferência de tecnologia nuclear que a equipe universitária usou para fazer o primeiro cão clonado do mundo, Snuppy, em 2005.

- A criação de Tegon abre novos horizontes, uma vez que o gene injetado para fazer o brilho pode ser substituído por genes que desencadeiam doenças humanas fatais.

O cientista disse que existem cerca de 270 doenças que os humanos e os cães têm em comum. A mais recente descoberta, publicada na revista internacional 'Genesis', levou quatro anos de pesquisa, com cerca de 3,2 bilhões de won (cerca de R$ 4,7 milhões) para criar o cão e conduzir os testes de verificação necessários.


Fonte: R7 Notícias - Publicado neste site em 30/07/2011



VEJA TAMBÉM:
Morreu Bob, o gato que mudou a vida de um sem-abrigo e do mundo inteiro
Gavetas, cestas...Porque é que os gatos gostam de sítios pequenos?
Brasileiros consideram a saúde do pet tão importante quanto a da família
Pandemia prejudica festival da carne de cachorro na China
Centenas de gatos que virariam alimento são flagrados em gaiolas.
China volta a acolher festival de carne de cão. Mas pode ser a última vez
Pêlo de cães e gatos pode transmitir coronavírus para os humanos
A cadela com o maior focinho do Mundo
Cuidado com o cão!: arqueóloga desvenda segredo de mosaico romano
Gatos que vivem soltos caçam, mesmo quando são alimentados em casa
- Temas Pet é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebê-lo, ou considere que foi cadastrado indevidamente descadastre-se aqui