Índice de Notícias

Cães
Gatos
Todos
Translate
Traducir
Temas Pet
Boletim Eletrônico - N° 418 - #3
-
Animal Manager, essencial para os negócio.
Maringá tem 4 mil cães de rua; também há gatos

A superpolulação de cães e gatos nas ruas de Maringá preocupa o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), departamento ligado à Secretaria Municipal de Saúde, e organizações não governamentais (ongs) ligadas à proteção de animais.

Segundo levantamento do CCZ, somente de cachorros há 4 mil animais nas ruas. O número é preocupante pelo potencial de doenças e acidentes que pode causar.

A vice-presidente da Associação de Proteção aos Animais de Rua de Maringá (Aparu), Clarice Rodrigues, afirma que a única solução viável para conter a superpopulação é a castração. 'Há estudos comprovando isso.'

Durante 2 meses e meio, a Aparu manteve um convênio com a prefeitura para castrar cães e gatos. Nesse período, segundo Clarice, foram feitas 550 castrações.

 

Cachorros em praça da Vila

Operária, em Maringá; convênio

com ong para castração está

suspenso

O convênio foi suspenso em maio porque, segundo documento oficial, o município encontrou 'irregularidades no preenchimento das fichas de cadastro dos animais, nos dados cadastrais e nos procedimentos. Também foram identificadas irregularidades na prestação de contas.'

 

A Secretaria de Gestão e Fazenda não informou à reportagem se há planos de implementar um programa substitutivo de castração de animais.

Segundo informações dadas pela prefeitura em maio, o contrato previa a realização de 450 cirurgias. A ong alegou que conseguiu aumentar o total de castrações graças à ajuda dos veterinários, que cobraram somente o material cirúrgico.

A irregularidade estaria justamente nisso: para aumentar o número de castrações e reduzir o preço das cirurgias, seria preciso fazer um aditivo ao contrato, que não foi providenciado.

No CCZ, são feitas de 60 a 90 castrações por mês. O tempo médio da fila para atendimento é de 2 anos. A gerente de Controle de Zoonoses do CCZ, Marilda Fonseca de Oliveira, afirma que é feita uma captura seletiva, buscando os animais que oferecem risco por grande porte ou por transmitir doenças.

Marilda diz que o problema de superpoulação de animais não é exclusivo de Maringá.

A vice-presidente da Aparu afirma que o número de castrações mensais promovidas pelo CCZ é 'insigificante'. Ela estima que deveriam ser feitas cerca de 5 mil castrações por mês. 'A situação está fora do controle'.

 

Serviço
Feiras de adoção de animais
Aos sábados
- Shopping Cidade das 13h às 18h
- Mercadorama (Av. São Paulo) das 13h30 às 18h


Fonte: O Diário - Publicado neste site em 23/11/2011


- Temas Pet é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebê-lo, ou considere que foi cadastrado indevidamente descadastre-se aqui