Índice de Notícias

Cães
Gatos
Todos
Translate
Traducir
Temas Pet
Boletim Eletrônico - N° 601 - #3
-
Animal Manager, essencial para os negócio.
Estudantes protestam contra morte de pitbull na Ufrgs
Vigilante do Hospital Veterinário da Ufrgs deu um tiro na cabeça do animal na sexta

Dezenas de estudantes levaram seus cães à Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), em Porto Alegre, nesta segunda-feira, onde realizaram protesto contra a morte de uma cadela da raça Pitbull na sexta-feira. O animal, chamado Artemis, foi atingido com um tiro desferido por um segurança terceirizado do campus, que teria se assustado com o latido do cão.

A dona da cadela, Mariana Simões dos Santos, estudante do 9º semestre de veterinária, contou que foi ao local no feriado, acompanhada do namorado, o dentista Bruno Antônio Stelzer, para buscar uma colega que faz estágio na faculdade. Eles soltaram o animal, que permaneceu sem coleira e focinheira. “A cadela latiu e o vigia apontou a arma para ela. Eu gritei, mas mesmo assim o homem atirou”, disse o jovem, que registrou ocorrência na 21ª Delegacia de Polícia (DP) logo depois. O cão foi atendido no Hospital de Clínicas Veterinárias (HCV), mas não resistiu.

Mariana e outros estudantes pediram menos preconceito com a raça Pitbull. “A violência é de quem cria”, afirmou. Quando questionada sobre o motivo do animal estar sem a guia, a jovem argumentou que a cadela era dócil e que não teria condições de atacar, já que tinha uma pata sem movimento. A estudante adotou Artemis há dois anos, após ela ter sido atropelada e abandonada. Segundo Mariana, o cão passou por diversas cirurgias no HCV e estava acostumado com o ambiente.

O diretor da Faculdade de Veterinária, Vladimir do Nascimento, se reuniu com o coordenador de segurança da instituição, Daniel Pereira. O vigilante é contratado de uma empresa terceirizada, que ouviu o funcionário, mas informou que não iria se manifestar sobre o assunto.

Fonte: GAZ - Publicado neste site em 09/04/2012
- Temas Pet é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebê-lo, ou considere que foi cadastrado indevidamente descadastre-se aqui