Índice de Notícias

Cães
Gatos
Todos
Translate
Traducir
Temas Pet
Boletim Eletrônico - N° 1286 - #3
-
Homenagem Pet - Acenda uma Vela para seu Pet
Expectativa de vida alta aumenta casos de câncer em cães

Com o aumento da expectativa de vida, o número de cães com câncer vem crescendo. Nos Estados Unidos, são identificados por ano 6 milhões de novos casos, no Brasil, não há estimativas. Na rede de clínicas da Pet Center Marginal e no Hospital Veterinário Pet Center Marginal, 20% das ocorrências referem-se a neoplasias tumorais.

“Assim como acontece com os humanos, é importante que o diagnóstico seja precoce, pois assim o tratamento se inicia imediatamente e as chances de sucesso aumentam”, informou o veterinário Manrique Andrés.

Estimativas dos centros veterinários nos Estados Unidos apontam que metade dos cães com mais de 10 anos morrem devido ao câncer. De acordo com o Andrés, além das neoplasias estarem relacionadas ao fato de que hoje os animais vivem mais, alguns tipos de câncer são mais comuns em determinadas raças e em diferentes sexos. “O índice de câncer de mama em fêmeas, por exemplo, é alto. O do tipo adenocarcinoma mamário é o mais comum. Em geral, eles acometem cadelas a partir dos cerca de 4/5 anos”, advertiu.

Uma das razões para o câncer de mama em cadelas é a suscetibilidade às alterações hormonais. “Por isso, é importante que elas sejam castradas antes do primeiro cio. Assim conseguimos prevenir a neoplasia mamária em quase 100% dos casos”, alertou o veterinário.

O câncer pode afetar sistemas e áreas distintas do organismo dos cães, entre os tipos mais comuns estão: o linfoma (câncer dos linfonodos, gânglios), o de pele (melanoma, mastocitoma, carcinoma, histiocitoma, papilomas), ósseos (sarcomas), de gordura (lipomas, em geral benignos), genitália (TVT - Tumor Venéreo Transmissível), entre outros.

Os tumores de pele são mais fáceis de identificar. “Os donos devem ficar atentos a feridas na pele do animal que não cicatrizam, verrugas, como parte interna nas orelhas e genitália. Na dúvida, o ideal é levar o pet ao veterinário”, recomendou.

Sintomas

Veterinários da Universidade do Estado do Colorado nos Estados Unidos, centro especializado em oncologia canina, listaram recentemente sinais que podem auxiliar os tutores a identificar casos de tumor em cães. Entre os sintomas estão:

- inchaços em diferentes áreas do corpo;
- feridas que não cicatrizam;
- perda de peso sem motivos aparentes;
- engasgos (devido a tumores na garganta, por exemplo);
- possíveis sangramentos;
- odor fétido na pele (quando há feridas que não cicatrizam);
- mau hálito;
- apatia (perde a vontade de brincar);
- claudicação (animais começam a ter dificuldade para andar, mancam).

Consulta

Na consulta, para diagnosticar o caso, o veterinário poderá pedir um exame citológico do tumor (punção com agulha fina) ou histopatológico (biópsia). “Dependendo do tipo do câncer, o tratamento pode ser realizado com cirurgia, criocirurgia, radioterapia, quimioterapia ou eletroquimioterapia. Mas a cirurgia e a quimioterapia são os meios de tratamento mais utilizados na rotina clínica”, finalizou Andrés.

Fonte:
- Temas Pet é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebê-lo, ou considere que foi cadastrado indevidamente descadastre-se aqui