Índice de Notícias

Cães
Gatos
Todos
Translate
Traducir
Temas Pet
Boletim Eletrônico - N° 1655 - #3
-
Homenagem Pet - Acenda uma Vela para seu Pet
Cães ajudam no tratamento de crianças



A emoção e sorrisos fáceis tomaram conta da criançada quando elas encontraram cães no hall da brinquedoteca da Pediatria do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, nessa quarta-feira (22/02/2020).  Esse encontro faz parte do projeto Cão Terapia, que está sendo implantado no complexo hospitalar, durante dois dias da semana, com o objetivo de humanizar ainda mais o tratamento dos usuários.

Para a gerente multiprofissional Ingrid Vilar, é muito gratificante ver o retorno em sorrisos infantis. “Sabemos que os benefícios desta terapia assistida por animais são enormes, por isto recebemos com muita alegria estes cãezinhos. As crianças da Pediatria e Observação Pediátrica, que tiverem condições clínicas, poderão desfrutar desta terapia que acontecerá todas as quartas e sextas-feiras na unidade de saúde”, frisou.

Quem curtiu e ficou pedindo para que os animais voltassem foi a pequena Alice da Silva, de apenas 8 anos. “Meu coração acelerou quando os vi, foi muita emoção, não imaginava que traria tanta alegria para minha vida. Vou até sentir saudade deles”, disse ela, ao lado da sua mais nova amiga, Lola, uma Husky Siberiano de três meses.

De acordo com o administrador do Projeto TeraPET, Márcio Moreno, os pets não chegam a instituição de qualquer jeito. Eles precisam passar por rigorosos critérios, como por exemplo: ter o cartão de vacinação em dia, ter autorização de um veterinário dando condições para eles frequentarem um hospital e também apresentar bom comportamento. “A sensação que fico após a realização de um trabalho como este é de dever cumprido. Vê-los perdendo o medo e evoluindo junto com os cães é a resposta que todos nós esperávamos”, completou.

Como foi o caso de Pedro Henrique, 12 anos, que não tirava os olhos dos cães. Com o passar dos minutos, foi perdendo o medo e aproveitou para tirar muitas selfies com os animais. “Estava assustado no início, pois tinha um que era muito grande. Foi amor à primeira vista, só consigo descrever em uma palavra, alegria. Esqueci até a minha dor e que estou num hospital, obrigado”, concluiu.

Maria Soares, que está acompanhando sua filha de seis anos, achou a ideia fantástica. “Os meninos ficam muito tristes, principalmente quando passam muitos dias longe de casa. E terapias como estas só arrancam alegria dos nossos filhos. Gostaria que todo hospital tivesse essa ideia, de pensar nas nossas crianças, que não mereceriam passar por dores, tão pequenos”, ressaltou.

A cada passo que os cães terapeutas davam nos corredores hospitalares da instituição, eles eram parados por colaboradores que queriam tocá-los e conversar com os animais.  Esta foi a situação da assistente social Juliana de Oliveira, “Eles são muito lindos, não tinha como não notá-los no hospital. Acabei até esquecendo do que iria fazer, depois deste encontro lindo”, comentou.

Segundo a coordenadora do Núcleo de Estágio, Pesquisa e Evento (Nepe), Efigência Lino, o grupo escolhido para aplicar o projeto está fazendo um enorme sucesso em outras unidades de saúde. “Ficamos muito felizes com a possibilidade de este projeto vir ao Hospital de Trauma, pois sabemos dos aspectos positivos que esses animais têm feito em outras unidades de saúde”, salientou.

TeraPET – É um projeto social que visa levar cães para dentro de instituições de saúde e entidades filantrópicas. Atualmente eles atuam no Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira e Vila Vicentina. A filosofia do TeraPET é socializar o amor destes animais com as pessoas em condições de vulnerabilidade para que elas também sintam o amor canino.


Fonte: MaisPB - Pubicado neste site em 11/02/2020


- Temas Pet é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebê-lo, ou considere que foi cadastrado indevidamente descadastre-se aqui