Índice de Notícias

Cães
Gatos
Todos
Translate
Traducir
Temas Pet
Boletim Eletrônico - N° 1719 - #3
-
Homenagem Pet - Acenda uma Vela para seu Pet
Gatos se unem com segurança aos humanos – talvez até mais do que cães


Historicamente os cães são vistos como animais meigos, leiais e companheiros – e eles de fato o são. Mas acontece que a maioria das pessoas também enxerga os gatos como criaturas fofas. Que apenas toleram os humanos, acreditando que esses animais não desenvolvem vínculo e confiança com os seres humanos, uma vez que parecem tão independentes. Mas uma pesquisa realizada em 2019 mostra que os gatos se unem com segurança a humanos, talvez até mais do que os cães.

Isso pode não ser uma surpresa para os amantes dos pequenos felinos, mas é uma prova de como subestimamos a profundidade do vínculo que os gatos podem formar com as pessoas.

Em busca de evidências de apegos seguros e inseguros entre gatos e humanos, os pesquisadores se basearam em um teste anterior feito com cães que mostrou que os animais formam ligações seguras e inseguras com seres humanos.

Em um apego seguro, um cão em um ambiente estranho, ao se reunir com seus humanos, relaxa e continua a explorar. Um apego inseguro, por outro lado, fará com que o cão continue exibindo um comportamento de estresse, agarrando-se excessivamente ao humano ou evitando explorar o ambiente tanto quanto possível.

O experimento comportamental

A equipe de pesquisadores realizou o mesmo experimento comportamental com 38 gatos adultos e 79 filhotes.

Primeiramente, o filhote ou gato adulto e seu cuidador foram colocados juntos em uma sala, com o humano sentado em um círculo marcado. Se o gato entrasse no círculo, o humano poderia interagir com ele. Depois de dois minutos, o humano saiu, deixando o gato sozinho. Depois de mais dois minutos, o humano voltou para a sala, para se sentar no círculo novamente.

Todas as etapas do teste foram devidamente gravadas para que os cientistas pudessem analisar o vídeo e classificar o tipo de ligação dos gatos.


Os gatos adultos participaram do teste apenas uma vez, mas os filhote foram testados duas vezes – uma vez no início da experiência e outra vez dois meses depois, após 49 dos gatinhos terem passado por um treinamento de socialização de seis semanas. Os outros 31 agiram como um grupo de controle.

A pesquisa mostrou que gatos se unem com segurança aos humanos

Dos filhotes, 9 gatinhos acabaram não sendo classificáveis, mas, dos animais restantes, 64,3% foram categorizados como apegados com segurança e 35,7% demonstraram apego inseguro. Já os adultos tiveram resultados melhores, quando 65,8% deles demonstraram apego seguro contra 34,2% que demonstraram apego inseguro.

Esses são resultados de fato muito reveladores, uma vez que outra pesquisa mostrou que bebês humanos apresentam taxas de 65% de apego seguro, resultados muito similares aos dos felinos.

Os pesquisadores também observaram que os gatos são muito sociáveis e preferem brincar com pessoas do que com brinquedos. A pesquisa ajuda a entender melhor o comportamento dos felinos e a quebrar com a ideia errônea de que os gatos são antissociais ou indiferentes aos humanos.


Fonte: Socientifica - Publicado neste site em 11/04/2020



- Temas Pet é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebê-lo, ou considere que foi cadastrado indevidamente descadastre-se aqui