Índice de Notícias

Cães
Gatos
Todos
Translate
Traducir
Temas Pet
Boletim Eletrônico - N° 72 - #3
-
Animal Manager, essencial para os negócio.

Tsunami pode ter atingido a “Ilha dos Gatos” no Japão

Por Marli Delucca  (da Redação)

A “Ilha dos Gatos”, oficialmente conhecida como “Tashiro Island” é uma pequena ilha de apenas oito quilômetros quadrados perto da cidade de Ishinomaki em Miyagi no Japão, e possui gatos espalhados por toda a sua extensão.

A ilha fica localizada a cerca de uma hora de balsa do porto Ishinomaki na Província de Miyagi, principal ilha japonesa de Honshu. Segundo os noticiários sobre o terremoto que atingiu o Japão, a ilha dos gatos estava a poucos quilômetros do epicentro do terremoto, e no caminho por qual o tsunami percorreu até a costa da província de Ishinomaki na cidade de Miyagi no Japão.

O epicentro foi localizado a cerca de 100 quilômetros ao largo da prefeitura de Miyagi, na região nordeste do Japão. O abalo, deu origem a um tsunami que atingiu a costa japonesa com ondas de cerca de 10 metros de altura.

Uma foto que foi divulgada hoje pela TV japonesa mostra um gato boiando no mar por sobre um escombro.

Os gatos foram levados e abandonados na ilha para serem predadores, o que acabou não dando certo. Entregues a própria sorte, os gatos começaram a buscar alimentos nas pousadas da ilha.

Ao longo do tempo, os moradores foram desenvolvendo um relacionamento amoroso com eles e passaram a observar  atentamente os gatos, interpretando suas ações bem como suas reações. Assim, conseguiam ter uma ideia das condições do clima, se iria chover, fazer sol, se haveria ressaca na praia.

Um dia, quando algumas pessoas estavam coletando pedras, uma delas caiu e matou um dos gatos. Eles ficaram tão sentidos e com remorso pela morte do gato que construíram uma pequena capela no local onde o gato foi enterrado.
Desde então os gatos que adoecem e morrem, são enterrados e pedras ornadas são deixadas próxima a capela.

Além da beleza dos gatos, há várias obras arquitetônicas inspiradas no tema,já que agora os habitantes da ilha vivem do turismo gerado pelos apaixonados por felinos que chegam para conhecê-los, fotografá-los e filmá-los.

Só é possível chegar à ilha por balsa e é estritamente proibida a entrada de cães.

Fonte: ANDA - Publicado neste site em 14/03/2011

- Temas Pet é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebê-lo, ou considere que foi cadastrado indevidamente descadastre-se aqui