Índice de Notícias

Cães
Gatos
Todos
Translate
Traducir
Temas Pet
Boletim Eletrônico - N° 720 - #3
-
Homenagem Pet - Acenda uma Vela para seu Pet
Cachorro percorre 4 km amarrado em motocicleta 



Dois homens foram detidos no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), acusados de crime de menor potencial ofensivo.  I.J.N,57 anos e V.J.C, 43 anos, chegaram no CCZ  ontem (09) em uma motocicleta com um cachorro de grande porte chamado Scoob.

O animal estava sendo puxado por uma corda e coleira no pescoço, há mais de quatro quilômetros.. Eles saíram do bairro Aero Rancho.

Foi acionado a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista ( Decat), o homem de 57 anos disse que era o proprietário do animal e que o cunhado estava pilotando a motocicleta. Conforme a delegada Suzimar Batistella da Decat, os médicos do CCZ disseram que Scoob estava com as patas sangrando, contração muscular, salivação intensa e cansaço interno.


Delegada Suzimar da Decat, cita que os dois homens foram detidos, ouvidos e liberados da delegacia
Foto: Deurico/Capital News

Os dois homens foram detidos e assinaram um termo de comparecimento ao juizado e depois foram liberados. Em depoimento na delegacia o proprietário do cão disse que não viu o animal sangrando e queriam levar o Scoob, para ser tratado de algumas doenças. Eles suspeitavam que o cão poderia estar com a leishmaniose. Chegou a citar que haviam ligado no CCZ e não tiveram retorno.

Suzimar chegou a indagar os homens com a hipótese de terem levado o cão no colo. “I.J.N,57 anos e V.J.C, 43 anos, responderam que o Scoob é grande e poderia ter mordido. Eles disseram também que a motocicleta era o único meio de locomoção para o transporte do animal”.

Para a médica veterinária do CCZ, Iara Helena Domingos, a denuncia não procedi. “ Não tem nenhum registro de Scoob aqui. Ele está com visíveis lesões nas patas e as redores dos olhos. Após a chegada dele foi feito um teste que apresentou ser portador da doença leishmaniose. Foi feito o segundo teste e estamos aguardando os laudos. Caso apresentado novamente vai ser feito a eutanásia”.


Médica veterinaria do CCZ, Iara cita que o cão está com dores fortes pelo corpo e apresentou sintomas de leishmaniose e pode até ser eutanasiado
Foto: Deurico/Capital News

Iara explicou também que devido o esforço físico constante que o Scoob fez para acompanhar o embalo da motocicleta ele está com fortes dores musculares. “ Ele está com dificuldade de andar. Passamos pomadas nas patas e ele está descansando. Está com fadiga. Tomou analgésico para dor. E um animal dócil. Está com vários carrapatos. Orelhas feridas devido os sintomas da suspeita doença”.

Scoob chegou a perder a unha em via publica. “ Parecia que o proprietário não queria infligir maus tratos e sofrimento ao cão e acreditavam que o animal suportava a distância. E é bem ao contrário um animal sente dor. E um ser vivo”, comenta Iara.


O inchaço dos ferimentos causa dor na pata do Scoob. Ele é um animal docil
Foto: Deurico/Capital News

Conforme a delegada Suzimar, em 2012 foram registrados 25 casos de maus tratos. A maioria com cães. Denuncias foram mais de 40 ocorrências por mês. A maioria das denuncias que chegam é o incomodo do vizinho com o latido do animal do outro. Alguns são casos de proprietários que deixam o animal amarrado e sem assistência veterinárias, larvas e lesões expostas no sol e na chuva, sem água e sem comida.


Os olhos dele está lacrimejado e ferido devido a suspeita da leishmaniose
Foto: Deurico/Capital News

 


Vários carrapatos estão esparramados pelo corpo do Scoob
Foto: Deurico/Capital News



Fonte: Capital News - Publicado neste site em 14/07/2012

- Temas Pet é enviado a pessoas cadastradas ou indicadas. Se não deseja recebê-lo, ou considere que foi cadastrado indevidamente descadastre-se aqui